Jantar de acção de graças

Só no Evangelho de Lucas, encontramos diversas refeições que Jesus partilha com diferentes pessoas. Talvez nem todas estas refeições tivessem mesa posta tal qual fazemos hoje, mas todas elas espelham uma intenção que Jesus tinha em cuidar – até quando é ele quem se faz de convidado, como fez com Zaqueu.

Uma mesa posta é mais do que um cuidado estético: é uma declaração de intenções acerca da nossa disposição de escutar e cuidar. Uns dias, fazemo-lo com tempo e beleza, outros com improviso e restos do dia anterior.

Seja em que condições for, escutar e partilhar é ser como Jesus. Dou graças por todos aqueles que me receberam ao longo da vida e que me inspiram hoje a receber.