Sem medo

Repost 5.Jan.2015

“A força e a dignidade são os seus vestidos; ri-se sem medo do futuro.” – i wish.

7 anos depois, continuo a desejar vestir-me de roupa e de dignidade, a não embaraçar aquele a quem desejo representar, mas continuo a viver fascinada com a capacidade de 𝘀𝗼𝗿𝗿𝗶𝗿 𝘀𝗲𝗺 𝗺𝗲𝗱𝗼 do que aí vem. A tranquilidade e a paz de espírito que só pode ter quem descansa nos planos de Deus, é algo que ambiciono ter sempre comigo e que só Deus pode dar.

Nestes tempos em que histeria, medo, incógnita se continuam a desenhar, precisamos mesmo ser destemidos e confiantes. O nosso Deus é por nós, a quem temeremos? Ninguém.

De que tenho medo? Sinceramente? Tenho medo de não ser fiel a Deus em todas as circunstâncias, tenho medo de ser indiferente ao meu próximo, tenho medo da solidão – foi Deus quem disse que não era bom estar só.

Quero poder 𝘀𝗼𝗿𝗿𝗶𝗿 𝘀𝗲𝗺 𝗺𝗲𝗱𝗼 de qualquer outra coisa. O perfeito amor de Deus lança fora todo o medo, escreveu João nas suas cartas. Deus me (nos) ajude.